top of page

ARENA MRV E SUSTENTABILIDADE: RECURSOS QUE FAZEM A CASA DO GALO SER REFERÊNCIA NACIONAL

Os atleticanos estão cada vez mais próximos da casa nova com a conclusão das obras viárias no entorno do estádio, que se aproxima. Apesar da beleza arquitetônica e dos recursos tecnológicos chamarem a atenção do país, outro ponto primordial desde a elaboração do projeto é o impacto ambiental gerado, foco principal e mais que necessário dos responsáveis pela obra. Então se liga no que a Arena MRV fez para diminuir esse impacto e promover práticas mais sustentáveis no nosso país.


Licenciamento Ambiental


O novo estádio do clube está localizado no bairro Califórnia, num terreno de 126 mil m², inicialmente composto por vegetação rasteira e uma mata fechada, fazendo com que a Arena MRV seja o primeiro estádio do Brasil a ter uma área verde 100% preservada. Além disso, os cursos d'água do local passam por baixo da construção e tiveram de ser canalizados para a realização da obra. Em abril de 2019, o Conselho Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Belo Horizonte aprovou de forma unânime a licença prévia e nesse blog você verá alguns motivos para aprovação acentuada.


Imagem: Reprodução/TV Globo

Recursos da Arena



  • Instalação de painéis solares: A Arena MRV passou a utilizar energia solar como sua principal fonte de energia, com a instalação de diversos painéis solares. Isso possibilita que a maioria das atividades eletrônicas seja alimentadas por energia limpa e renovável. Além disso, a diminuição no consumo de energia elétrica resultará em notáveis economias financeiras para a administração do estádio.


  • Automatização do controle energético: O projeto da Arena MRV foi concebido com ênfase na eficiência energética, empregando tecnologias e equipamentos que reduzem o consumo de energia. Isso inclui a utilização de sistemas de iluminação LED e, sobretudo, o controle automatizado do consumo de energia e o uso adequado de isolamento térmico.


  • Gestão de resíduos: A Arena MRV possui um sistema de gerenciamento de resíduos que prioriza a reciclagem e a correta destinação dos materiais produzidos durante os eventos. Os frequentadores do estádio são incentivados a separar adequadamente os resíduos, promovendo a conscientização sobre essa prática.


  • Mobilidade sustentável: O estádio fomenta o uso de transporte público e a adoção de meios de locomoção mais sustentáveis pelos torcedores. Além de estar bem conectado a linhas de ônibus, a Arena MRV será integrada à estação de metrô do Eldorado, o que diminuirá significativamente o impacto no trânsito da região. Na esplanada, também haverá um bicicletário disponível, incentivando o uso de bicicletas como opção de deslocamento.


Imagem: Divulgação/Clube Atlético Mineiro

Imagem: Divulgação/Arena MRV


Muito além do estádio...


O Galo já está realizando contrapartidas socioambientais que vão impactar a população local, aqui vão eles:

O espaço ao ar livre será um local de interação para a comunidade em dias sem partidas e eventos. No lugar, estarão em funcionamento instalações geridas pela administração municipal de Belo Horizonte: um centro integrado de aprendizado de idiomas, uma academia comunitária e um centro de atendimento à saúde familiar.

O Instituto Galo foi estabelecido com o objetivo de promover atividades e projetos de assistência pública e social, cultura, educação e lazer, contando com um centro de idiomas, inovação e criatividade.

A revitalização da área conhecida como Mata dos Morcegos, que é a maior área verde do bairro Califórnia, é outra forma de compensação ambiental. O local será convertido em um espaço comunitário e terá um parque linear, que será construído e mantido pela Arena MRV ao longo de 30 anos.

A Reserva Particular Ecológica (RPE), uma floresta de 26 mil metros quadrados localizada ao lado do estádio, será preservada devido à sua importância e só terá acesso restrito. O Atlético Mineiro será o responsável pela sua completa manutenção e preservação.

Além da preservação da RPE, a sede do Galo também se comprometeu a plantar 46 mil árvores em parques da cidade nos próximos 10 anos. Esse número equivale a uma árvore para cada assento da Arena MRV, resultando em até 4.600 árvores plantadas anualmente. Essa iniciativa teve início em outubro de 2021.


Imagem: Reprodução/Agência Espacial Arthur William


Imagem: Reprodução/Freepik


Os atleticanos mal podem esperar pela nova casa;


A Arena MRV transcende sua função como estádio de futebol para o Galo e os atleticanos. Com um projeto arquitetônico surpreendente e recursos tecnológicos avançados, o estádio tornou-se um verdadeiro exemplo de empreendimento esportivo desenvolvido de maneira sustentável, levando em consideração não apenas a paixão pelo futebol, mas também a responsabilidade ambiental e social.

Que essa abordagem inspiradora se torne um padrão para futuros projetos e que outros estádios e empreendimentos esportivos sigam o exemplo da Arena MRV, unindo esporte, sustentabilidade e benefícios para a comunidade.


Referências

Arena MRV. (n.d.). Sustentabilidade. Recuperado em 22 de junho de 2023. Disponível em: https://www.arenamrv.com.br/arena-mrv-tera-energia-limpa-e-renovavel/. Acesso em: 22 jun. 2023.


Prefeitura de Belo Horizonte. (n.d.). Arena MRV: Obras Viárias no Entorno do Estádio se Aproximam da Conclusão. Recuperado em 22 de junho de 2023. Disponível em: https://www.otempo.com.br/sports/atletico/arena-mrv-obras-viarias-no-entorno-do-estadio-comecam-a-mudar-a-regiao-1.2746848 .Acesso em: 22 jun. 2023.


Conselho Municipal de Meio Ambiente da Prefeitura de Belo Horizonte. (2019, abril). Licença Prévia para Arena MRV é Aprovada. Recuperado em 22 de junho de 2023Disponível em: https://ge.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/atletico-mg-obtem-licenca-de-instalacao-e-podera-iniciar-obras-da-arena-mrv-em-janeiro.ghtml ,Acesso em: 22 jun. 2023.


ATLÉTICO. (n.d.). O Novo Lar do Galo. Recuperado em 22 de junho de 2023Disponível em: https://atletico.com.br/ .Acesso em: 22 jun. 2023.



301 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentarios


Site nuevo (1).png
pngwing.com.png
bottom of page