• Letícia Gaspar

CÁLCULO ESTRUTURAL: COMO EVITAR OS ERROS MAIS COMUNS?

Atualizado: Set 30


Quando pensamos na construção de uma obra temos como uma das preocupações primordiais a estabilidade da mesma. Para que essa estabilidade se torne concreta antes mesmo de se ter início a construção é preciso fornecer ao projetista todas as premissas da obra antes de realizar o projeto, para que o cálculo estrutural seja realizado da melhor forma possível de forma a garantirem a segurança da edificação.

CÁLCULO ESTRUTURAL

Geralmente realizado pelo projetista da obra, o cálculo estrutural precisa considerar aspectos importantes de resistência que aquela estrutura precisa atender para ser considerada segura.

O projeto de arquitetura é passado para o projetista realizar o estudo e os lançamentos finais, já apresentando os requisitos e as variações em termos de ferragens e também no Fck do concreto, além de outros requisitos construtivos para que a estrutura saia do jeito que a companhia solicita.

COMO EVITAR PROBLEMAS COM O CÁLCULO ESTRUTURAL

Antes de fazer o cálculo estrutural é preciso elaborar e seguir todas as premissas do planejamento. Considerando os requisitos que a construtora solicita, o projetista deve mensurar níveis de resistência e os quantitativos de materiais. Para isso, ele deve considerar as dimensões corretas dos elementos estruturais, como as vigas, por exemplo.

Durante esse processo é necessário atentar-se para trabalhar com profissionais qualificados e com experiência de mercado a fim de evitar possíveis erros. No planejamento, é importante que se faça todos os questionamentos necessários para minimizar o risco de problemas que gerem erros.

Um dos problemas mais recorrentes é a incompatibilidade de projeto que geram interferências no momento da execução.

Itens considerados no cálculo estrutural:

  • Elementos estruturais: vigas, treliças, pórticos, veios de transmissão. Esses são alguns dos elementos estruturais mais comuns nas obras de construção. Esses elementos estruturais podem ser classificados como estruturas isostáticas, hiperestáticas ou hipostáticas;

  • Esforços e deformações: é preciso considerar as tensões que podem ser recebidas pela estrutura ao longo do tempo;

  • Cargas: nesse projeto é imprescindível que se considere as cargas estruturais. Ou seja, o peso próprio e dos elementos que devem ser suportados pela estrutura;

  • Dimensões: o projetista deve, após conhecer esses esforços e cargas, dimensionar os elementos estruturais que serão executados;

  • Desenhos de projeto: por final, o projetista é responsável também por fornecer os desenhos técnicos em detalhe de todas as peças estruturais que serão realizadas.

ESTÁ PRECISANDO DE UM PROJETO ESTRUTURAL ?

Apresentamos um pouco acerca da importância de o cálculo estrutural ser elaborado por um profissional qualificado. A Edifica Consultoria oferece projetos estruturais de qualidade, então se você está precisando de um projeto estrutural entre em contato com a gente!! Estamos esperando você. Se quiser saber mais um pouco sobre o assunto acompanhe as nossas postagens.

Fonte:

https://www.concretaconsultoria.com.br/single-post/2017/03/21/O-que-%C3%A9-um-projeto-estrutural

https://www.mapadaobra.com.br/gestao/calculo-estrutural-como-evitar-os-erros-mais-comuns/

© 2016 por Edifica Consultoria.

  • Instagram - Cinza Círculo
  • Facebook - círculo cinza
  • LinkedIn - círculo cinza